Trama: indústria criativa em revista ISSN 2447-7516, Vol. 7, No 1 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Reflexão e Reinvenção: O Design no Século XXI

Fernando Carvalho

Resumo


A produção industrial não deve ser entendida apenas como o mecanismo fundamental de um progresso inevitável que resulta, necessariamente, em benefícios socioeconômicos. E o design é fator central na discussão crítica sobre os limites e as possibilidades de um futuro concebido e efetivado por meio da criatividade humana. Estes são preceitos constituintes do pensamento, da pesquisa e da prática pedagógica de Cristine Nogueira Nunes, profissional e professora de design, com vinte e cinco anos de atuação no ensino superior. A forma como entendemos o campo do design – tanto por uma perspectiva cultural ampla, quanto por sua dimensão tecnológica específica – contribui significativamente para a maneira como pensamos, discutimos, ensinamos e praticamos design. Numa época em que, como nos indica Ezio Manzini, todos são designers1, torna-se urgente uma conversa sobre o que constitui o campo, quais são suas questões centrais, onde há espaço para mudanças emergentes e de que modo as premissas e expectativas embutidas no ‘senso comum’ da sociedade influenciam ou determinam a atuação de designers e outros profissionais da indústria criativa. Cristine nos ajuda nessa reflexão, passeando por ideias que vem consolidando desde antes de seu doutoramento e a subsequente publicação de sua tese como livro, até questões mais recentes, advindas de sua constante e duradoura interlocução com gerações de alunos e colegas pesquisadores.

Texto Completo: PDF

ISSN 2447-7516

Contato: revistatrama@estacio.br