Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 7, No 1 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

PREVALENCIA DOS DETERMINANTES DO BAIXO PESO E ATRASO MOTOR EM LACTANTES ENTRE 4 A 21 MESES

Maria do Céu Pereira Gonçalves, Anselmo dos Santos

Resumo


Identificar os determinantes para o baixo peso e atraso psicomotor, em crianças com idade entre quatro a vinte e um meses, que frequentam o Projeto de Estimulação Psicomotora, no Centro de Saúde Coletiva Professor José Ferreira, na cidade de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro. Estudo quantitativo, de corte transversal, retrospectivo. Das 35 crianças que participaram do estudo, as morbidades prevalentes foram: 32(91%) de ordem respiratória, 25(71%) intestinal, 17(48%) anemias e 7(20%) amigdalites. A aquisição dos marcos motores ocorreu com idade (meses): controle de cabeça (5,4± 1,6); sentar (8,1±1,6); engatinhar (11,2±2,1); marcha independente (14,7±2,5); passar para de pé sem apoio (15,7±2,6). Concluiu-se que crianças nos dois primeiros anos de vida, quando apresentam as morbidades tem alta probabilidade de atingirem a curva do baixo peso e este interferir negativamente no desenvolvimento motor, contribuindo de forma significativa para o atraso motor.

Texto Completo: PDF

Resultado de imagem para latindex