Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 7, No 1 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

ORIENTAÇÕES DO ENFERMEIRO AOS FAMILIARES DURANTE A VISITA EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Michelly Rita da Silva, Patricia Moreira Hoffmann Martins, Maritê Inês Argenta, Ana Cristina Oliveira da Silva Hoffmann, Janelice Bastiani

Resumo


Objetivo de conhecer as orientações realizadas pelo enfermeiro durante a visita dos familiares aos pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva. Trata-se de uma pesquisa exploratória descritiva de caráter qualitativo. Em maio de 2015, com a participação de 10 (dez) enfermeiros da Unidade de Terapia Intensiva de um hospital da grande Florianópolis. A coleta de dados foi utilizada a técnica de entrevista e técnica de observação. Os resultados mostraram que os enfermeiros reconhecem que o horário e a visita familiar têm papel importante na recuperação do paciente. Por outro lado, durante o procedimento de observação dos participantes pelas pesquisadoras, os resultados mostraram que há uma lacuna entre o discurso e a práxis na assistência de enfermagem ao familiar de paciente internado na UTI. Há necessidade de potencializar a humanização no acolhimento das famílias como elo indispensável à recuperação do paciente, utilizando-se a comunicação como instrumento.


Texto Completo: PDF

Resultado de imagem para latindex