Juris Poiesis, Vol. 21, No 26 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O diálogo da mediação: uma garantia de acesso à ordem jurídica humanizada DOI:

Clara Cardoso Machado Jaborandy, América Cardoso Barreto Lima Nejaim

Resumo


O crescente aumento do número de ações judiciais e o descompasso em relação à concretização do acesso à justiça, através de uma prestação jurisdicional célere, eficiente e digna instigou a problematização desta pesquisa que consiste em verificar se a forma tradicional de composição de conflitos, representada por uma decisão judicial imposta, garante ao cidadão o acesso a uma ordem jurídica humanizada. Partindo deste problema foram investigados os aspectos sociológicos da mediação e seu papel na construção de uma sociedade consciente do sentido de justiça, com o intuito de romper com o aspecto meramente simbólico do acesso à justiça. Constatou-se a importância do incentivo à justiça coexistencial como forma de materializar a função social do processo e garantir o acesso à ordem jurídica humanizada. Por fim, sustentou-se a importância da mediação no restabelecimento do diálogo e na garantia de um tratamento do conflito. Para o desenvolvimento desse estudo, utilizou-se de pesquisa bibliográfica e documental, a partir do método dedutivo.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Mestrado e Doutorado em Direito - UNESA

Av. Presidente Vargas, 642 - 22o andar. Centro

Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20071- 001

Tel. 21-22069743